terça-feira, 1 de março de 2011

Primeiro Post - Análise do Oscar 2011


Ontem foi dia de Oscar e como ocorreu nos últimos anos não tivemos grandes surpresas em relação as premiações que precedem o Oscar, como o Golden Globe e o Prêmio do Sindicato. Os grandes favoritos em cada categoria acabaram levando o bonequinho dourado o que achei bastante merecido.
Falando nisso vocês sabem porque o Oscar se chama Oscar?

Vai lá:
A versão mais popular e conhecida para o nome dado ao careca dourado, é a que concede a autoria dele à secretária-executiva da Academia,Margareth Herrick, que ao vê-lo comentou que a pequena estátua parecia muito com seu tio Oscar, comparação ouvida por um jornalista presente no momento, que a publicou em seu jornal. Outra versão dá conta que a atriz Bette Davis o teria apelidado assim, dado a semelhança da estatueta com seu primeiro marido. De qualquer modo o apelido pegou de tal maneira que hoje – e há muitos anos - é o nome pelo qual o Academy Award ou Prêmio da Academia é conhecido mundialmente. (fonte: wikipedia).

Enfim, uma coisa que fica cada ano mais evidente é o fato de que estamos sem opção para análise e crítica a respeito da premiação. Se pela TNT temos o previsível Rubens Ewald Filho fazendo os mesmos comentários ano após ano, pela Rede Globo temos o eterno insatisfeito José Wilker, reclamando que o vencedor sempre deveria ser um dos filmes não comerciais, com produção alternativa ou sem orçamento.
Convenhamos Wilker, dizer que "Toy Story 3" seria inferior a "O Mágico" além de lástima chega a ser crueldade com um filme que fecha com chave de ouro uma bela trilogia.

Lista dos ganhadores:

Melhor diretor - Tom Hooper – O Discurso do Rei
Melhor ator - Colin Firth – O Discurso do Rei
Melhor atriz - Natalie Portman – Cisne Negro
Melhor ator coadjuvante - Christian Bale – O Vencedor
Melhor atriz coadjuvante - Melissa Leo – O Vencedor
Melhor roteiro original - O Discurso do Rei
Melhor roteiro adaptado - A Rede Social


Melhor longa-metragem de animação - Toy Story 3

Melhor direção de arte - Alice no País das Maravilhas"
Melhor fotografia - "A Origem"
Melhor figurino - "Alice no País das Maravilhas"


Melhor documentário (longa-metragem) - Trabalho Interno

Melhor edição - "A Rede Social"
Melhor filme de língua estrangeira - Em um Mundo Melhor (Dinamarca)
Melhor trilha sonora original - A Rede Social - Trent Reznor e Atticus Ross
Melhor canção original - "We Belong Together", de Toy Story 3
Melhor curta-metragem - God of Love
Melhor curta-metragem - Strangers no More


Melhor curta-metragem de animação - The Lost Thing



Melhor edição de som - A Origem



Melhor mixagem de som - A Origem

Melhores efeitos visuais - A Origem
Melhor maquiagem - O Lobisomem


Abraços e até o próximo Post.

Um comentário:

  1. Gostei da sua visão quanto ao Wilker.. realmente ele só reclama...

    ResponderExcluir